Rastro

                                                                          Noel Nascimento



Vê-se da nave
o astro que mais esplende
	no Universo.


Estrela fugaz.
Quanto mais se distancia,
em versos
fica perto.


A nave se aproxima
	- madrugada no coração -.
E na imensidão do poema
	- regressiva a viagem -
chega à manhã de outrora.


Reencontro dos que nos deixaram sós
	- abraços, risos, alegria -,
e de novo some de nós.


Já não está onde se avista,
é só a luz que percorre o espaço
e a alma nos ilumina:
	- a Saudade.